28 de agosto de 2011

Edmilson


Edmilson Gonçalves Pimenta nasceu no dia 17 de Setembro de 1971 em Santa Teresa, Brasil.
Foi no pequeno clube da sua terra, o Colatina S.E. que começou a jogar futebol mais a sério no ano de 1990. Dois anos depois mudou-se para o E.C. Democrata onde jogou até 1993. No verão desse mesmo ano, mudou-se para Portugal, para ingressar no C.D. Nacional, no entanto na ilha da Madeira apenas permaneceu uma temporada já que de seguida foi contratado pelo S.C. Salgueiros onde confirmou as boas exibições já demonstradas anteriormente no clube madeirense. Dessa forma foi sem surpresa que na temporada de 1995/96 transferiu-se para o Futebol Clube do Porto.
Edmilson vestiu a camisola dos Dragões durante duas épocas tendo sido um dos principais jogadores do plantel portista entre 1995 e 1997.
Nas Antas, o avançado brasileiro venceu os dois campeonatos nacionais que disputou e ainda juntou a conquista de uma Supertaça Cândido de Oliveira depois de uma estrondosa vitória no Estádio da Luz sobre o S.L. Benfica por 5-0, onde foi o autor do segundo golo do jogo.
Na temporada seguinte rumou a França para representar o Paris Saint-Germain F.C. mas nem tudo foram rosas na cidade das luzes e no início de 1998 estava de volta a Portugal mas desta vez para jogar de leão ao peito.
No Sporting C.P. jogou até 2001 e venceu mais um campeonato nacional e uma Supertaça Cândido de Oliveira.
Depois regressou ao Brasil para ingressar no S.E. Palmeiras, onde actuou apenas um ano, para em 2002 voltou a vestir a camisola do Colatina S.E.
Em 2003/04 retornou a Portugal, para jogar pelo Portimonense S.C. Em 2005 de novo estava no Brasil para representar o C.T.E. Colatina. Passou no ano seguinte pela Bélgica onde representou o R.C. Sportif Visétois. Em 2006/07 mais uma vez voltou a Portugal para jogar pelo A.D.C.R.S. Guilhabreu. Mas ainda em 2007 regressou de vez ao seu país natal para voltar a representar o C.T.E. Colatina. No final desse ano não voltou a pisar os relvados até 2012, quando voltou a jogar pelo Espirito Santo Sociedade Esportiva, clube onde é o Presidente.

Palmarés 
3 Campeonatos Nacionais da 1ª Divisão (Portugal)
2 Supertaças Cândido de Oliveira

21 de agosto de 2011

Taça Joan Gamper

O Troféu Joan Gamper é um torneio de verão organizado pelo F.C. Barcelona em homenagem ao fundador e primeiro presidente do clube da Catalunha, o suíço Hans-Max Gamper Haessig, que ficou conhecido em Barcelona como Joan Gamper.
O torneio começou por se disputar no ano de 1966 e até aos dias de hoje sempre se realizou.
Entre 1966 e 1996, o troféu era disputado entre quatro equipas, com partidas a eliminar e desempate por penaltis em caso de igualdade. A partir de 1997 e até hoje, o F.C. Barcelona apenas convida um clube para um único jogo.
Portugal já foi representado em duas vezes, nos anos de 1987 e 1999, com o Futebol Clube do Porto e o Sporting C.P. respectivamente.
Os Dragões começaram por eliminar os anfitriões por 2-1, para depois encontrarem na final o F.C. Bayern Munique. Os alemães deixaram pelo caminho os holandeses do F.C. Ajax, com a vitória a chegar no desempate dos penaltis por 5-3, depois do 1-1 no tempo regulamentar. Assim, menos de três meses depois da final de Viena os novos Campeões Europeus voltavam a medir forças com os Bávaros. O triunfo do F.C. Porto por 2-0 mostrou que a vitória do dia 27 de Maio não tinha sido obra do acaso e dessa forma os portistas conquistaram o belo troféu de prata, com base em mármore e acabamentos em ouro.
O outro representante de Portugal já não teve a mesma sorte porque foi derrotado por 2-1.

14 de agosto de 2011

Álvaro Cardoso Pereira


Álvaro Cardoso Pereira nasceu no dia 7 de Novembro de 1904 na cidade do Porto.
Foi um médio-centro que durante 10 anos, entre 1926/27 – 1935/36, vestiu a camisola do Futebol Clube do Porto.
Alinhou na equipa que derrotou o S.L. Benfica por 8-0 no campeonato de Portugal de 1932/33 e também contra o First Viena, um dos gigantes da Europa na época que caíram aos pés dos Dragões no Estádio do Lima.
Álvaro Pereira com a camisola do F.C. Porto venceu por uma vez o Campeonato de Portugal na temporada de 1931/32, ao vencer o C.F. Belenenses na Final disputada no Campo do Arnado em Coimbra. E o Campeonato Nacional da 1ª Divisão de 1934/35. Pelo meio conquistou por dez vezes o Campeonato do Porto.
Foi internacional por Portugal por 7 vezes. Teve a sua estreia no dia 30 de Novembro de 1930 contra a Espanha e a ultima vez que vestiu a camisola da Selecção Nacional foi a 18 de Março de 1934 também contra a selecção espanhola.

Palmarés 
1 Campeonato Nacional da 1ª Divisão (Portugal)
1 Campeonato de Portugal
10 Campeonatos do Porto