24 de novembro de 2014

Valle

José Valle Román nasceu no dia 16 de Setembro de 1920 em Buenos Aires na Argentina.
Aos 21 anos fez a sua estreia a nível profissional no C.A. Atlanta, clube da sua terra que representou durante três anos. Em 1944 transferiu-se para o C.A. Independiente mas no ano seguinte rumou ao C.A. Temperley onde jogou mais três anos. No início da época de 1947/48 viajou para Itália para vestir a camisola do A.S. Roma tendo-se mantido no clube da capital italianos por três temporadas. Em 1950/51 rumou a Espanha para ingressar no Club Lleida Esportiu. Na época seguinte muda de novo de clube e transfere-se para o Lusitano Ginásio Clube de Évora, no clube alentejano esteve duas temporadas onde venceu o Campeonato Nacional II Divisão de 1951/52.
Em 1953/54 chega ao Futebol Clube do Porto, num plantel que tinha como treinador Cândido de Oliveira.
Valle vestiu a camisola dos Dragões durante três épocas. Sagrou-se por uma vez Campeão Nacional e venceu também por uma vez a Taça de Portugal, ambas as conquistas na temporada de 1955/56, sob o comando do técnico brasileiro Dorival Yustrich.
Nas três épocas em que representou o F.C. Porto, Valle disputou 39 partidas oficiais. Participou ainda em diversos jogos particulares com o mais relevante a acontecer no dia 17 de Abril de 1954 quando os espanhóis do Real Madrid C.F. visitaram o Estádio das Antas e saíram vergados com uma derrota por 5-2.
No final da temporada de 1955/56 José Valle abandonou a carreira de futebolista.
Em 1960/61 estreou-se como treinador ao comandar o Leixões S.C, passou depois pelo Atlético C.P., também pelo V. Guimarães e pelo S.C. Braga.
Faleceu em Buenos Aires no dia 16 de Setembro de 1997, no mesmo dia em que fazia 77 anos.

Palmarés
1 Campeonato Nacional I Divisão (Portugal)
1 Campeonato Nacional II Divisão (Portugal)
1 Taça de Portugal

17 de novembro de 2014

Varela

Silvestre Manuel Gonçalves Varela nasceu no dia 2 de Fevereiro de 1985 em Almada.
Começou por jogar futebol nas escolas do Grupo Desportivo dos Pescadores da Costa da Caparica.
Aos 18 anos entrou para os Juniores do Sporting C.P. onde jogou duas temporadas para na época de 2004/05 dar o salto para o escalão profissional, no entanto não teve espaço no plantel leonino e foi emprestado ao Casa Pia Atlético Clube.
Em 2005/06 já ingressou na formação principal do clube de Alvalade onde disputou apenas 4 partidas.
Na temporada seguinte foi de novo emprestado, desta vez ao V. Setúbal, tendo permanecido nos sadinos durante 2 épocas.
Em 2007/08 mais uma vez foi emprestado, rumou a Espanha para vestir a camisola do R.C. Recreativo de Huelva.
Na época seguinte regressou a Portugal. Desvinculou-se em definitivo do Sporting C.P. e passou a ser jogador do C.F. Estrela da Amadora. No clube da Reboleira confirmou a sua categoria, que já tinha demonstrado em Espanha e também ao serviço dos escalões inferiores da Selecção Nacional, assim foi que em 22 jogos disputados apontou 8 golos.
Em 2009/2010 ingressou no Futebol Clube do Porto. Esteve durante cinco temporadas nos Dragões, disputou 195 jogos e marcou 47 golos que ajudaram a vencer os 11 títulos que fazem parte do seu palmarés.
Varela conquistou por 5 vezes a Supertaça Cândido de Oliveira, por 3 vezes foi Campeão Nacional, ganhou a Taça de Portugal por 2 ocasiões, mas o ponto alto da sua carreira foi a vitória na Liga Europa de 2010/11 que o F.C. Porto venceu em Dublin ao derrotar o S.C. Braga por 1-0, na única final europeia disputada entre dois clubes portugueses.
No inicio da temporada de 2014/15 rumou a Inglaterra para ser emprestado pelo F.C. Porto ao West Bromwich Albion F.C., permaneceu no clube inglês até Janeiro de 2015 para depois rumar a Itália para jogar no Parma F.C. até ao final da época de 2014/15.
No inicio da temporada de 2015/16 regressou aos Dragões.
Varela já vestiu também a camisola da Selecção Nacional por várias vezes e esteve presente no Campeonato da Europa de 2012 disputado na Polónia e na Ucrânia e também marcou presença no Campeonato do Mundo de 2014 realizado no Brasil.

Palmarés
1 Liga Europa
3 Campeonatos Nacionais 1ª Divisão (Portugal)
2 Taças de Portugal
5 Supertaças Cândido de Oliveira

10 de novembro de 2014

Vieira Nunes

António Francisco Vieira Nunes nasceu no dia 1 de Julho de 1945 em Águas Santas, Maia.
Depois de ter passado pelos escalões de formação do Futebol Clube do Porto, estreou-se como sénior na temporada de 1964/65 ao serviço da Associação Académica de Coimbra.
No clube dos estudantes jogou durante cinco épocas, com o ponto alto a ser as duas finais da Taça de Portugal que conseguiu alcançar nas temporadas de 1966/67 e 1968/69, em ambas acabou por sair derrotado.
Em 1969/70 transferiu-se para o F.C. Porto. Esteve durante seis épocas nas Antas tendo disputado 95 jogos oficiais e onde apontou 1 golo, no jogo contra o Clube Oriental Lisboa a contar para a 2ª jornada do campeonato nacional de 1974/75 em que os portistas venceram por 2-1.
Mesmo não tendo vencido nenhum título pelos portistas, Vieira Nunes viveu grandes momentos enquanto jogador do F.C. Porto. Em Janeiro de 1970 esteve presente na inauguração do Estádio Cícero Pompeu de Toledo, que ficou conhecido como Morumbi, a casa do São Paulo F.C. no jogo da inauguração do recinto o F.C. Porto acabou por empatar 1-1 com a formação da casa que na época era a melhor equipa do Brasil. A 31 de Janeiro de 1971 não jogou mas viu o seu companheiro Lemos a marcar todos os golos que serviram para derrotar o S.L. Benfica por 4-0 no Estádio das Antas. Em Setembro de 1972 foram as duas vitórias sobre o F.C. Barcelona que permitiram eliminar os espanhóis da Taça UEFA.
No final da temporada de 1974/75 deixou o F.C. Porto para se transferir para o S.C. Braga. Nos arsenalistas disputou apenas 9 partidas e na época de 1976/77 ingressou no S.C. Salgueiros onde não fez nenhum jogo oficial tendo terminado a sua carreira no final dessa temporada.
Em 1979/80 estreou-se como treinador ao assumir o comando do S.C. Salgueiros. Ao longo da sua carreira, orientou vários clubes com o ultimo a ser o Pedrouços A.C. na temporada de 2002/03.

3 de novembro de 2014

Pereira da Silva

Joaquim Pereira da Silva nasceu no dia 6 de Junho de 1918.
Após uma passagem pelos juniores do Futebol Clube do Porto, ascendeu ao plantel principal dos Dragões na temporada de 1939/40.
Representou os portistas em duas épocas (1939/40 e 1940/41). Logo no primeiro ano ajudou a conquistar o Campeonato Nacional, onde foi um dos jogadores mais utilizados pelo treinador Mihaly Siska.
Na segunda época conquistou o Campeonato do Porto.
Jogando a defesa, lugar onde fazia parceria com Vitor Guilhar, Pereira da Silva disputou 57 partidas nas duas temporadas em que vestiu a camisola azul e branca.

Palmarés
1 Campeonato Nacional 1ª Divisão (Portugal)
1 Campeonato do Porto