4 de maio de 2008

Dmitri Alenitchev


Dmitri Alenitchev nasceu no dia 20 de Outubro de 1972 em Veliki Luki.
Começou a sua carreira de futebolista Professional na época de 1991 pelo Lokomotiv de Moscovo, onde se manteve até 1993.
Em 1994 mudou-se para o Spartak de Moscovo onde ficou até 1998. No Spartak ganhou por três vezes o Campeonato da Rússia, e em 1997 foi eleito o jogador do ano. As boas exibições no clube Russo, valeram-lhe a transferência para o A.S. Roma de Itália.
Na primeira época com a camisola do clube da capital italiana, ainda foi utilizado com regularidade, mas na época seguinte foi emprestado ao Perugia.
Na temporada de 2000/01 ingressou no Futebol Clube do Porto e logo nesse seu ano de estreia venceu a Taça de Portugal ao derrotar o Marítimo S.C. por 2-0 na final. Venceu também a Supertaça após vencer o Boavista F.C. por 1-0 em Vila do Conde.
A temporada de 2001/02 foi de mudança de treinador, com a saída de Octávio Machado e a entreda de José Mourinho. O F.C. Porto terminou o campeonato em 3º lugar e por isso iria jogar a Taça UEFA da época seguinte.
Em 2002/03, os portistas dominaram e conquistaram o Campeonato Nacional, Venceram a Taça de Portugal ao derrotarem o União de Leiria por 1-0 no estádio do Jamor. Mas o ponto alto da época foi a Final da Taça UEFA que o F.C. Porto disputou contra o Celtic de Galsgow em Sevilha e onde ganhou por 3-2, com Alenitchev a marcar o segundo golo dos Dragões.
Na temporada seguinte o Futebol Clube do Porto sagrou-se Bi-Campeão e venceu a Supertaça. A principal conquista da época aconteceu em Gelsenkirchen onde se disputou a Final da Liga dos Campeões onde o F.C. Porto derrotou o A.S. Mónaco por 3-0 e mais uma vez com um golo de Alenitchev. O jogador Russo tornou-se um dos poucos jogadores a marcarem golos em finais internacionais consecutivas.
No final dessa temporada Dmitri Alenitchev deixou o F.C. Porto para regressar ao seu pais de origem e ingressar no Spartak de Moscovo onde terminou a sua brilhante carreira de futebolista no dia 4 de Maio de 2008.
Em 2011 abraçou a carreira de treinador e comandou a formação de sub-19 da Selecção russa, ingressou depois no F.K. Arsenal Tula e no inicio da temporada de 2015/16 assumiu o comando do F.K. Spartak Moscovo, tendo levado o clube moscovita ao título de Campeão da Russia em 2016/17.
Dmitri Alenitchev é ainda recordado pelos adeptos portistas com grande saudade por toda a sua classe, profissionalismo e elevada capacidade técnica. Foi sem duvida alguma, um dos melhores estrangeiros que vestiram a camisola do Futebol Clube do Porto.
No dia 25 de Julho de 2014 voltou a pisar o relvado do Estádio do Dragão e a vestir a camisola do Futebol Clube do Porto no jogo de homenagem e despedida de Deco.

Palmarés como Jogador
1 Liga dos Campeões
1 Taça UEFA
2 Campeonatos Nacionais da 1ª Divisão (Portugal)
2 Taças de Portugal
2 Supertaças Cândido de Oliveira
3 Campeonatos da Rússia

Palmarés como Treinador
1 Campeonato da Russia

2 comentários:

dragao vila pouca disse...

Grande craque e jogador de grandes jogos.Um perfume intenso de génio e criatividade, com ele a bola saía sempre redondinha.A sua aquisição foi cheia de peripécias e chegou a estar perdida. Foi uma grande luta para o Russo vier para o F.C.Porto.

Um abraço

Ana disse...

Nunca me esquecerei do que ele deu pelo FCPorto. Além de excelente jogador, era muito profissional e uma voz na equipa.