25 de junho de 2012

Carlos Pereira

Carlos de Jesus Pereira nasceu no dia 3 de Setembro de 1911.
Chegou ao Futebol Clube do Porto (proveniente do vizinho Boavista F.C.), na temporada de 1933/34.
Permaneceu oito temporadas, ininterruptas, ao serviço do F.C. Porto. Nesse período de tempo ajudou a conquistar três Campeonatos Nacionais (1934/35, 1938/39 e 1939/40), o Campeonato de Portugal na época de 1936/37, onde os Dragões defrontaram e venceram o Sporting C.P. por 3-2 na final disputada em Coimbra a 4 de Julho de 1937. E ainda seis Campeonatos do Porto (1933/34, 1934/35, 1935/36, 1936/37, 1937/38 e 1938/39).
A todos esses Títulos Nacionais, Carlos Pereira juntou várias vitórias importantes, tais como a vitória sobre o S.L. Benfica por 8-0 numa partida a contar para os Quartos-de-Final do Campeonato de Portugal de 1932/33. Ainda os 3-0 com que os austriacos do First Viena sairam derrotados do Campo do Ameal em Janeiro de 1934. A vitória sobre o Atlético de Madrid por 4-1 no dia 17 de Janeiro de 1934. Já em Abril de 1935 foi o Wacker de Viena que saiu vergado do Campo do Ameal por uns 5-2. Em Setembro de 1935 foi o campeão espanhol Real Betis de Sevilha que regressou a Espanha depois de uma goleada sofrida no Campo do Ameal por 5-2. Em Março de 1936, vitória histórica sobre o Sporting C.P. por 10-1, jogo disputado no Campo do Ameal.
Na temporada de 1940/41 rumou a Lisboa para ingressar no C.F. Unidos tendo terminado a carreira no final dessa mesma temporada.
Carlos Pereira representou também a Seleção Nacional por 13 vezes.

Palmarés
3 Campeonatos Nacionais 1ª Divisão
1 Campeonato de Portugal
6 Campeonato do Porto

fonte: Dragões de Azul Forte – Fernando Moreira

1 comentário:

António Rocha disse...

Um jogador fundamental numa equipa vencedora liderada por Pinga, onde pontificavam outras lendas portistas: Waldemar Mota, Acácio Mesquita, Carlos Nunes, António Santos, Álvaro Pereira, Avelino Martins, Lopes Carneiro, Soares dos Reis, entre outros.

Titular indiscutível no meio campo, ao centro ou à esquerda, apenas falhou 1 jogo nas primeiras 4 épocas no clube, em jogos da liga.