14 de agosto de 2011

Álvaro Cardoso Pereira


Álvaro Cardoso Pereira nasceu no dia 7 de Novembro de 1904 na cidade do Porto.
Foi um médio-centro que durante 10 anos, entre 1926/27 – 1935/36, vestiu a camisola do Futebol Clube do Porto.
Alinhou na equipa que derrotou o S.L. Benfica por 8-0 no campeonato de Portugal de 1932/33 e também contra o First Viena, um dos gigantes da Europa na época que caíram aos pés dos Dragões no Estádio do Lima.
Álvaro Pereira com a camisola do F.C. Porto venceu por uma vez o Campeonato de Portugal na temporada de 1931/32, ao vencer o C.F. Belenenses na Final disputada no Campo do Arnado em Coimbra. E o Campeonato Nacional da 1ª Divisão de 1934/35. Pelo meio conquistou por dez vezes o Campeonato do Porto.
Foi internacional por Portugal por 7 vezes. Teve a sua estreia no dia 30 de Novembro de 1930 contra a Espanha e a ultima vez que vestiu a camisola da Selecção Nacional foi a 18 de Março de 1934 também contra a selecção espanhola.

Palmarés 
1 Campeonato Nacional da 1ª Divisão (Portugal)
1 Campeonato de Portugal
10 Campeonatos do Porto

9 comentários:

dragao vila pouca disse...

Tempos em que um jogador ficava 10 anos no F.C.Porto. Agora é cada vez mais difícil, por muitas razões, mas fundamentalmente pela visibilidade que um bom jogador ganha com a camisola azul e branca.

Abraço

Rit0kas disse...

Primeiro, parabéns pelo blog, é bastante interessante o tema de valorizar e dar a conhecer as estrelas que passaram pelo grande F.C.P. e outras que ainda o representam.
Ando à procura de mais informação sobre o meu Bisavô Flávio Laranjeira, jogador do Futebol Clube do Porto na década 1920/1930, sei que ele ajudou o Porto a ganhar campeonatos e penso que chegou a ser capitão da selecção nacional. Mas não tenho a certeza, será que me consegue ajudar a conhecer melhor os feitos do meu Bisavô no Porto =)Que só o facto de ter sido jogador do FCP já é razão de muito orgulho.
Desde já obeigada

Paulo Moreira disse...

Ritokas.
Antes de mais obrigado.
Realmente ter algum familiar que já esteve, ou está, ligado ao F.C. Porto é um grande motivo de orgulho. Vou pesquisar para ver se encontro alguma coisa sobre o seu Bisavô.

Rit0kas disse...

Muito obrigada pela consideração =)

rogério paulo almeida disse...

Cara RitOkas, creio que o amigo Paulo Morerira não vai levar-me a mal se a puder ajudar...

Pelos meus registos, o seu bisavô serviu o nosso F. C. Porto de 1924/25 a 1927/28. Foi Campeão de Portugal 1 vez, em 1924/25, naquele que foi o nosso 1º título oficial, e Campeão Regional (do Porto) por 3 vezes, de 1925/26 a 1927/28.

A sua estreia pelo nosso Clube foi no dia 7 de Junho de 1925, na Constituição, num F.C. Porto 4 Vianense 1, a contar para os 1/4 de Final do Campeonato de Portugal, tendo marcado 2 golos.

Aqui está a ficha desse jogo:

CAMPEONATO DE PORTUGAL:

1/4

Porto 4 Vianense 1

Campo da Constituição, 7/6/1925

Mihaly Siska; Júlio Cardoso, Pedro Themudo; Floriano Pereira, Coelho da Costa, Humberto Bragança; João Nunes, Norman Hall, Flávio Laranjeira, Balbino Silva e Augusto Freire

Flávio Laranjeira 1-0 e 4-0 Balbino Silva 2-0 e 3-0
4-1

Permita-me que lhe afiance que Flávio Laranjeira, ao serviço do nosso Clube, não efectuou qualquer jogo pela Seleção Nacional. A menos que o tenha feito ao serviço de outro clube, que desconheço.

Um pedido caríssima RitOkas... seria porventura possível facultar-me a informação sobre a data de nascimento de seu bisavô?

Um abraço

Rit0kas disse...

Muito obrigada Rogério desconhecia completamente a data da sua estreia =) foi muito bom saber isso, bem como ter conhecimento da Ficha técnica do seu primeiro jogo, e saber que marcou 2 golos na sua estreia =)))

rogério paulo almeida disse...

Peço desculpa por um lapso meu. O título de 1924/25 não foi o nosso 1º título a nível Nacional mas sim o 2º. O nosso primeiro título foi em 1921/22, quando vencemos o Campeonato de Portugal, que seria de igual forma a 1ª prova oficial a nível Nacional do e no futebol português.

Abraço

Anónimo disse...

«... Tempos em que um jogador ficava 10 anos no F.C.Porto ...»


Certo! E que um Presidente cumpria um ou dois mandatos de forma... graciosa!

Aliá! Ainda pagavam por cima!

Anónimo disse...

Amiga RitOkas:


Na HISTÓRIA (oficial)do FC PORTO da autoria de Rodrigues Telles (possúo 2 dos 3 volumes) vem lá tudo sobre o... FLÁVIO LARANJEIRA!

O Clube tem (ou deveria ter) pelo menos um exemplar!

Tem que esperar pelo MUSEU! Mas, como vai ser... electrónico!!!



PS. - Uma neta do grande Waldemar Mota (aqui) teve a mesma atitude (de agradecimento)por se lembrarem do avô; sei onde está sepultado e digamos que o Jazigo onde repousa não está tratado com o prumo que semelhante glória do fcp merecia; já agora: diz-nos onde se encontra sepultado o Flávio Laranjeira?