29 de novembro de 2009

Bosingwa


José Bosingwa da Silva nasceu no dia 24 de Agosto de 1982 em Mbandaka na Republica Democrática do Congo, (antigo Zaire).
Era ainda criança quando chegou a Portugal e foi viver para Seia. Começou a dar os primeiros passos na sua carreira de futebolista nas camadas jovens do A.D. Fornos de Algodres até que em 1997/98 foi jogar para os juniores do Boavista F.C.
Em 2000/01 Fez a sua estreia a sénior no S.C. Freamunde onde esteve uma época emprestado pelos axadrezados, para regressar ao Bessa na temporada seguinte onde permaneceu durante duas épocas.
Em 2003/04 transferiu-se para o Futebol Clube do Porto onde começou logo por conquistar a Supertaça Cândido de Oliveira e mais tarde sagrou-se Campeão Nacional, juntou ainda a vitória na Liga dos Campeões. Nada mau para a primeira temporada vestido de azul e branco.
Na temporada seguinte repetiu a vitória na Supertaça e no dia 12 de Dezembro de 2004 inscreveu o seu nome nos vencedores da Taça Intercontinental.
Em 2005/06 voltou a vencer o Campeonato Nacional e conquistou pela primeira vez a Taça de Portugal.
Na temporada seguinte venceu mais uma Supertaça e voltou a sagrar-se Campeão Nacional, título que voltou a repetir em 2007/08, o que foi a sua ultima época com a camisola dos Dragões.
Em 2008/09 Bosingwa trasferiu-se para o Chelsea F.C. No clube da capital de Inglaterra conquistou um campeonato inglês, três Taças de Inglaterra, uma Supertaça de Inglaterra e a Liga dos Campeões em 2012.
Na temporada de 2012/13 transferiu-se para o Queens Park Rangers F.C. Em 2013/14 rumou à Turquia para jogar pelo Trabzonspor Kulübü.
Ao serviço da Selecção Nacional, Bosingwa esteve presente nos Jogos Olímpicos de Atenas de 2004 e no Campeonato da Europa de 2008.

Palmarés
1 Taça Intercontinental
2 Liga dos Campeões
4 Campeonatos Nacionais da 1ª Divisão (Portugal)
1 Campeonato de Inglaterra
1 Taça de Portugal
3 Taça de Inglaterra
3 Supertaças Cândido de Oliveira
1 Supertaça de Inglaterra

4 comentários:

Anónimo disse...

Porto de asas cortadas

Publicado por PauloMorais em 26 Novembro, 2009

“É urgente transferir para a esfera regional a propriedade e a gestão do Aeroporto Francisco Sá Carneiro. Só independente, o Aeroporto do Porto sobreviverá. Integrado na rede nacional da ANA, será apenas uma filial do Novo Aeroporto Internacional de Lisboa, um apeadeiro periférico de Alcochete.”
no JN.

dragao vila pouca disse...

Bom jogador, mas aéreo, displicente, inconstante, podia, ao potencial que tem, ser muito melhor. Os clubes fartam-se dele muito rapidamente...

Um abraço

pm.com disse...

Um excelente jogador. Sempre muito rápido e veloz a atacar e concentrado a defender.

Anónimo disse...

rápido, com técnica, sabe rematar à baliza, aguenta bem os 90 minutos nas subidas e descidas na ala. Boa condição física. Podia ter uma "mentality" mais forte.