16 de novembro de 2008

Bobby Robson


Sir Robert William Robson (Bobby Robson), nasceu no dia 18 de Fevereiro de 1933 em Sacriston na Inglaterra.
Enquanto jogador vestiu a camisola do Fulham F.C. clube que representou 11 temporadas, e do West Bromwich Albion, durante 6 temporadas. Já no final da carreira representou os canadianos do Vancouver Royals onde foi treinador/jogador.
Começou a carreira de treinador no clube canadiano mas logo transferiu-se para o Fulham F.C. Na temporada de 1968/69 mudou-se para o Ipswich Town onde se manteve até a época de 1981/82. Ao serviço do clube da cidade de Ipswich, Robson venceu a Taça de Inglaterra em 1977/78 ao derrotar o Arsenal F.C. na Final. Venceu também a Taça UEFA em 1980/81 depois de vencer o AZ Alkmaar.
Em 2008 foi nomeado Presidente honorário do Ipswich Town como forma de gratidão pelo trabalho que realizou no clube.
Na temporada de 1982/83 foi convidado para dirigir a Selecção da Inglaterra onde esteve presente nos Campeonatos do Mundo do México em 1986 e de Itália em 1990. No México foi eliminado pela Argentina por causa de um golo marcado com a mão de Maradona, e em Itália perdeu nas meias-finais perante a Alemanha.
Nas épocas de 1990/91 e 1991/92 foi treinador do PSV de Eindhoven e sagrou-se Campeão nas duas temporadas.
Em 1992/93 mudou-se para o Sporting C.P. onde esteve uma época e meia até que foi despedido por Sousa Cintra depois da eliminação frente ao Casino Salzburgo.
A meio da temporada de 1993/94 chegou ao Futebol Clube do Porto e conquistou a Taça de Portugal derrotando na finalíssima o clube que o tinha despedido, o Sporting C.P. E chegou à meia-final da Liga dos Campeões onde foi derrotado pelo F.C. Barcelona.
Em 1994/95 e 1995/96 ainda ao serviço do F.C. Porto, sagrou-se Bi-Campeão Nacional e ainda venceu uma Supertaça.
Em 1996/97 mudou-se para o F.C. Barcelona onde venceu a Taça da Espanha e a Taça dos Vencedores das Taças.
Na temporada seguinte voltou ao PSV e depois em 1999/2000 regressou a Inglaterra para orientar o seu clube do coração, o Newcastle United onde se manteve até terminar a carreira na temporada de 2004/05.
Foi condecorado com a Ordem do Império Britânico em 1990 e com o título de Cavaleiro em 2002, ambos pelos seus serviços prestados ao futebol.
Faleceu no dia 31 de Julho de 2009, vitima de cancro.

Palmarés
1 Taça dos Vencedores das Taças
1 Taça UEFA
2 Campeonatos Nacionais da 1ª Divisão (Portugal)
2 Campeonatos da Holanda
1 Taça de Portugal
1 Taça de Espanha
1 Taça de Inglaterra
1 Supertaça Cândido de Oliveira

2 comentários:

dragao vila pouca disse...

Acho que já escrevi isto algures, mas não faz mal se me repetir:Bobby Robson foi o melhor treinador de campo - no treino diário, quero dizer - que vi no F.C.Porto e eu vi muitos, desde Pedroto, até ao 1 ano do Mourinho.
A dinámica de treino era extaordinária e tinha um ritmo que dava gosto ver. Não eram treinos longos, mas eram treinos completos.
Pena que no banco a ler os jogos não fosse tão bom, caso contrário seria o treinador perfeito.

Um abraço

Anónimo disse...

Muitas, muitas saudades de um cavalheiro chamado SIR Bobby Robson. Grande mentalidade, grande personalidade, grande idealista do jogo. Grande respeito por um homem que representa o que o futebol deveria sempre ser.