18 de abril de 2016

Farías

Ernesto Antonio Farías nasceu no dia 29 de Maio de 1980 em Trenque Lauquen, Argentina.
Ainda criança começou por jogar futebol nas escolas do Football Club Argentino, uma equipa da sua cidade natal. Em 1994 entrou para os juvenis do Club Estudiantes de La Plata onde fez toda a restante formação e com apenas 17 anos estreou-se na equipa principal numa partida contra o C.A. Lanus que terminou com um empate 2-2. No clube de La Plata, Farías permaneceu sete temporadas. Tornou-se num dos melhores pontas de lança da Argentina e foi o melhor marcador do Campeonato Apertura 2003. No total das sete épocas em que jogou no clube Pincha, Farias disputou 205 partidas e apontou 93 golos. Em 2004/05 transferiu-se para o U.S.C. Palermo, onde encontrou na mesma equipa os seus compatriotas Mario Santana e Mariano González. No entanto a experiencia no clube italiano não correu da melhor maneira já que apenas disputou 13 jogos sem ter marcado nenhum golo. Em 2005 voltou à Argentina mas para ingressar no C.A. River Plate. No histórico emblema de Buenos Aires ficou por três épocas, tendo apontado 35 golos em 67 partidas disputadas e foi ainda o melhor marcador da Taça dos Libertadores da América de 2006. No final da temporada de 2006/07 tinha tudo acertado com os mexicanos do Deportivo Toluca F.C. chegou mesmo a ser apresentado como novo reforço mas acabou por rescindir o contrato dias depois alegando problemas pessoais.
O Futebol Clube do Porto acabou por ser o seu destino, tendo chegado à cidade Invicta no início da temporada de 2007/08.
A sua estreia com a camisola dos Dragões aconteceu no dia 26 de Setembro de 2007 no Estádio Municipal de Fátima, onde os portistas empataram 0-0 com o C.D. Fátima, num jogo a contar para a 3ª eliminatória da Taça da Liga. Os Grenás acabaram por vencer 4-2 no desempate por penaltis após o prolongamento.
Já o primeiro golo que marcou com a camisola portista foi no dia 12 de Janeiro de 2008 quando o F.C. Porto recebeu e venceu no Estádio do Dragão o S.C. Braga por 4-0 e onde Farias apontou o ultimo golo da partida, que contou para a 16ª jornada do Campeonato Nacional de 2007/08.
Ao serviço do F.C. Porto, Farías jogou durante três épocas onde se sagrou por duas vezes Campeão Nacional (2007/08 e 2008/09), venceu a Taça de Portugal também por duas ocasiões (2008/09 e 2009/10) e conquistou a Supertaça Cândido de Oliveira em 2009.
Apesar de nunca ter sido um titular indiscutível, foi sempre um jogador importante e a prova disso são os 34 golos que apontou em 83 jogos disputados, a maioria saindo do banco de suplentes.
Em 2010 transferiu-se para o Cruzeiro E.C., nos brasileiros de Belo Horizonte conquistou o Campeonato Mineiro de 2011. Em 2012 regressou à Argentina para vestir a camisola do C.A. Independiente onde se manteve por duas temporadas. Em 2014/15 viajou para o Uruguai para defender a camisola do Danúbio F.C. e mais tarde rumou à Colômbia para vestir a camisola do C.D. América de Cali.
Farías representou a Selecção da Argentina por 1 vez, foi no dia 3 de Setembro de 2005, quando defrontou e venceu por 1-0 o Paraguai, em jogo de qualificação para o Campeonato do Mundo de 2006.

Palmarés
2 Campeonatos Nacionais 1ª Divisão (Portugal)
2 Taças de Portugal
1 Supertaça Cândido de Oliveira
1 Campeonato Mineiro

Sem comentários: