19 de setembro de 2010

Seninho

Arsénio Rodrigues Jardim (Seninho), nasceu no dia 1 de Julho de 1949 em Sá da Bandeira, Angola.
Começou por jogar futebol nos escalões de formação do F.C. Lubango, depois passou pelo Clube Ferroviário de Luanda onde começou a dar nas vistas e onde despertou o interesse do Futebol Clube do Porto que no verão do ano de 1969 estava em terras Angolanas, os responsaveis portistas tiveram a oportunidade de ver Seninho e logo trataram de o trazer para as Antas.
No dia 17 de Agosto de 1969, Seninho chegava à cidade do Porto para ingressar nos azuis e brancos.
A sua estreia com a camisola dos Dragões aconteceu no dia 14 de Setembro de 1969 no Estádio das Antas, Seninho começou no banco de suplentes mas entrou aos 72 minutos para o lugar de Chico Gordo, numa partida contra a Académica de Coimbra que contava para a 2ª jornada do Campeonato Nacional de 1969/0 e que terminou com um empate 3-3.
Em 1972 foi obrigado a cumprir o serviço militar que o fez voltar a Angola para a guerra ultramarina. Em terras angolanas continuou a jogar futebol no F.C. Moxico, tendo se sagrado Campeão de Angola em 1972/73. com o terminar da guerra regressa a Portugal.
Em 1974 regressou a Portugal e ao F.C. Porto. Voltou a vestir a camisola azul e branca no dia 23 de Outubro de 1974 no Estádio San Paolo em Nápoles onde os portistas defrontaram os italianos no jogo da 1ª mão da 2ª eliminatória da Taça UEFA de 1974/75.
Seninho venceu a Taça de Portugal em 1976/77 depois da vitória na final sobre o S.C. Braga por 1-0, com a curiosidade do jogo ter sido disputado no Estádio das Antas.
Na temporada seguinte e 19 anos depois, o F.C. Porto sagra-se Campeão Nacional, com Seninho a alinhar em 28 partidas e a marcar 5 golos.
Mas foi na Taça dos Vencedores das Taças de 1977/78 que Seninho brilhou e ainda hoje é recordado por muitos adeptos. Em causa estava a 2ª eliminatória contra o já poderoso Manchester United F.C., No jogo da primeira-mão, realizado no dia 19 de Outubro de 1977, o estádio das Antas assistiu a uma das mais brilhantes exibições dos Dragões, com o resultado final a ser uma vitória por 4-0 sobre os ingleses. Na 2ª mão em Old Trafford os ingleses dominaram por completo e marcaram 5 golos, mas não chegaram para seguir em frente porque Seninho com a sua velocidade marcou por duas vezes e colocou o F.C. Porto na eliminatória seguinte. Nas bancadas estavam dois técnicos do N.Y. Cosmos dos Estados Unidos com o objectivo de observar a maior estrela dos portistas na altura, que era António Oliveira, mas acabaram por ficar fascinados com Seninho que contrataram por 20 mil contos.
enquanto jogador do F.C. Porto, Seninho conquistou 2 Títulos. Disputou 149 jogos oficiais e marcou 34 golos. Foi ainda internacional por 4 vezes.
No N.Y. Cosmos, Seninho permaneceu durante cinco anos, tendo vencido o North American Soccer League por 3 vezes (1978,1980 e 1982). Em 1983 transferiu-se para o Chicago Sting para jogar mais dois anos e onde voltou a conquistar o Campeonato Norte-Americano em 1984, ano em que terminou a sua carreirade futebolista, mais precisamente no dia 3 de Outubro.

Palmarés
1 Campeonato Nacional da 1ª Divisão (Portugal)
1 Taça de Portugal
4 Campeonatos dos EUA
1 Campeonato de Angola

3 comentários:

dragao vila pouca disse...

Séninho, um ala rápido, às vezes rápido de mais - quando tentava cruzar, a bola já estava fora -, foi glorificado em Manchester, na terrível noite dos 5-2, que quase nos levava à loucura, numa reviravolta, que se não fosse Séninho, tinha acontecido, mas também foi um dos que estiveram no fim da seca de 19. Nessa altura era uma espécie d ebare defesas, quando as coisas estavam complicadas, Pedroto tirava um defesa e lá ia o Séninho abrir a frente de ataque e dar largura. Tecnicamente, não era muito evoluído...

Ultimanente não o tenho visto, pois o local onde nos encontramos algumas vezes, a barbearia -tinhamos o mesmo barbeiro -, fechou.

Um abraço

Drakonyaz disse...

Arsénio Rodrigues Jardim "Seninho" - 01-07-1949 - Sá da Bandeira (Angola)

Carreira: FC Lubango (Ang) - Ferrovia Sá da Bandeira (Ang) - FC PORTO (69-72) - FC Moxico (Ang) (72-73) - FC PORTO (74-78) - New York Cosmos (Eua) (78/82) - Chicago Sting (Eua) (83/84).

Anónimo disse...

Estudo Anglo/Brasileiro de 2003 (referido por MST na sua cronica de 21/09/10 na abola)

Sporting- 2,1 Milhões de adeptos

FCP - 2,6 Milhões de adeptos

Benfica - 4,1 Milhões de adeptos.


Tem toda a logica pensar que desde 2003 para cá o FCP encurtou a diferença para o 1º ( pese embora a "Má vontade" da cs para com o FCP...)

Daí puder pensar-se que os 6 milhões de adeptos é mais uma tanga Centralista.