12 de setembro de 2016

Noé

Noé Pinheiro de Castro nasceu no dia 21 de Março de 1935 na Póvoa de Varzim.
Em 1957/58 ingressou no Futebol Clube do Porto, que era treinado pelo brasileiro Dorival Yustrich. Noé estreou-se com a camisola dos Dragões na partida da 9ª jornada do Campeonato Nacional no dia 3 de Novembro de 1957. Os portistas foram a Caldas da Rainha vencer a equipa anfitriã por 3-1 com Noé a apontar dois golos. Esse foi o único jogo em que participou no Campeonato da temporada de 1957/58. Noé foi utilizado ainda nessa época mas numa partida a contar para a Taça de Portugal, quando os portistas já eram treinados por Otto Bumbel. No jogo dos Quartos-de-final disputado no Estádio dos Barreiros no Funchal a 20 de Abril de 1958, o F.C. Porto venceu o C.S. Marítimo por 3-1, numa caminhada que só terminou com a conquista da Taça no Estádio do Jamor depois de levarem de vencida o S.L. Benfica por 1-0.
Noé conquistou ainda a Taça Associação de Futebol do Porto.
Em 1958/59, foi utilizado em 27 partidas e marcou 22 golos, no final da época sagrou-se Campeão Nacional.
Na temporada seguinte apenas disputou 14 partidas, onde marcou 6 golos e venceu a Taça Associação de Futebol do Porto.
Em 1960/61 repetiu a conquista da Taça Associação de Futebol do Porto e foi o melhor marcador da equipa, ao apontar 10 golos no Campeonato Nacional e 12 na Taça de Portugal nas 26 partidas que participou.
A época de 1961/62 trouxe mais uma vitória na Taça Associação de Futebol do Porto, mas apenas foi utilizado em 4 jogos e apenas com 1 golo marcado. No final dessa temporada deixou o F.C. Porto.
 Ingressou no Varzim S.C. onde jogou mais duas temporadas, onde disputou 47 partidas e apontou 23 golos.

Palmarés
1 Campeonato Nacional 1ª Divisão (Portugal)
1 Taça de Portugal
4 Taças Associação de Futebol do Porto

Sem comentários: