1 de julho de 2013

João Moutinho

João Filipe Iria Santos Moutinho nasceu no dia 8 de Setembro de 1986 em Portimão.
Com apenas sete anos começou a jogar nas escolas do Portimonense S.C. clube que representou até ao ano de 1999. Ainda nesse ano transferiu-se para o Sporting C.P. onde fez todos os escalões de formação até integrar o plantel principal leonino na temporada de 2004/05. Nessa sua primeira época como profissional, ganhou o prémio de “Jogador Revelação do Campeonato”. Um prémio que já adivinhava a regularidade e as boas exibições que viria a apresentar nos anos seguintes.
Esteve seis temporadas ao serviço do Sporting C.P. onde conquistou duas Taças de Portugal e duas Supertaças Cândido de Oliveira.
Em 2010/11 ingressou no Futebol Clube do Porto, com os portistas a desembolsarem 11 milhões de euros, no que foi a mais cara transferência de sempre entre clubes nacionais.
Apelidado de “maça podre” pelos dirigentes do clube de Alvalade, João Moutinho passou desde logo a impor-se na equipa comandada por André Villas-Boas e os títulos não demoraram a chegar. Começou logo em Agosto com a conquista da Supertaça Cândido de Oliveira, para terminar da melhor forma a sua primeira temporada de azul e branco ao vencer o Campeonato Nacional, a Taça de Portugal e a Liga Europa.
A temporada seguinte começou tal como a anterior, com a vitória na Supertaça Cândido de Oliveira e terminou com a conquista de mais um Campeonato Nacional.
Em 2012/13 e para não fugir à regra a época dos portistas teve início com mais uma Supertaça conquistada. O campeonato foi mais disputado do que os anteriores mas no final, João Moutinho sagrou-se Tricampeão.
Foram três temporadas de Dragão ao peito com oito títulos conquistados, onde se tornou um dos símbolos do F.C. Porto tendo ganho o respeito dos sempre exigentes sócios portistas.
No final da época de 2012/13, transferiu-se para o A.S. Mónaco, onde se sagrou campeão frances em 2016/17.
João Moutinho representou a Selecção Nacional por várias vezes. Marcou presença no Campeonato do Mundo de 2014 (Brasil) e nos Campeonatos da Europa de 2008 (Austria e Suiça), 2012 (Polónia e Ucrania) e 2016 (França) onde Portugal se sagrou Campeão da Europa.

Palmarés
1 Campeonato da Europa Selecções (Portugal)
1 Liga Europa
3 Campeonatos Nacionais 1ª Divisão (Portugal)
3 Taças de Portugal
5 Supertaças Cândido de Oliveira
1 Campeonato de França

5 comentários:

JP disse...

O Moutinho é um daqueles jogadores difíceis de substituir numa equipa, pela qualidade e brilhantismo que passeia em campo. Tenho a certeza que fará falta ao Porto... Seja como for, as apostas na betclic relativas a 13/14 estão feitas e a ideia é continuar a ganhar ;)

Paulo Moreira disse...

Eu já não concordo em que o Moutinho vá fazer falta ao F.C. Porto.
Neste momento (entre o jogo da supertaça e o inicio do campeonato), já poucos se lembram durante os jogos, tanto do Moutinho como do James e isso é muito bom sinal.

JP disse...

É certo que os bons resultados fazem esquecer as saídas do plantel. E espero que assim seja... se ninguém se lembrar do Moutinho e do James será de facto óptimo!

Anónimo disse...

esta mal o joao moutinho nao esteve no europeu de 2010 ate porque em 2010 houve mundial e nao europeu e o joao nao foi convocado...

para finalizar do jogadores do porto que mais admirei ate hoje, alem de uma referencia e de um simbolo é um exemplo a seguir como jogador e pessoa

Paulo Moreira disse...

Já corrigi o engano. Obrigado pelo reparo.