11 de abril de 2010

Duda

José Francisco Leandro Filho (Duda), nasceu no dia 4 de Agosto de 1947 em Maceió, Brasil.
Estreou-se a nivel profissional em 1970 jogando pelo S.C. Recife, clube que representou ainda em 1971.
No inicio da temporada de 1971/72 transferiu-se para o V. Setúbal treinado na altura por José Maria Pedroto. Na primeira temporada com a camisola dos sadinos, Duda foi vice-campeão e também o melhor marcador da equipa, “título” que conquistou também nas duas épocas seguintes sempre ao serviço do V. Setúbal.
Em 1975/76 rumou a Espanha para ingressar no Sevilha F.C.
Em 1976/77 chegou ao Futebol Clube do Porto onde reencontrou o técnico Pedroto.
a sua estreia com a camisola dos Dragões aconteceu no dia 4 de Setembro de 1976 no Estádio das Antas, quando os portistas receberam e venceram o Portimonense S.C. por 3-0. Duda ainda marcou o ultimo golo do jogo. a partida contou para a 1ª jornada do Campeonato Nacional de 1976/77.
Logo na primeira época de Dragão ao peito, Duda ajudou a conquistar a Taça de Portugal num jogo em que o F.C. Porto derrotou o S.C. Braga por 1-0 na Final disputada no Estádio Das Antas.
Nas duas temporadas seguintes sagrou-se Campeão Nacional e foi um dos principais jogadores do plantel portista.
Duda ficou também na memória dos adeptos pelos golos que marcou na primeira-mão da segunda eliminatória da Taça dos Vencedores das Taças, em Outubro de 1977, contra o Manchester United F.C. Os portistas venceram esse jogo por 4-0 com um “hat-trick” de Duda e ainda um golo apontado por Oliveira. Na segunda-mão disputada em Manchester, os ingleses venceram por 5-2 o que não foi suficiente para impedir que o F.C. Porto estivesse na eliminatória seguinte. Em 1978/79, Duda voltou a deixar o seu nome na história dos Dragões ao apontar um dos quatro golos com que o F.C. Porto venceu os gregos do AEK Atenas na 2ª mão da 1ª eliminatória da Taça dos Clubes Campeões Europeus, na primeira vitória dos portistas na prova máxima de clubes organizada pela UEFA. Na temporada de 1979/80 Duda voltou a estar em destaque na Taça dos Clubes Campeões Europeus. Os Dragões defrontaram o A.C. Milan na 1ª eliminatória, o primeiro jogo foi disputado no Estádio das Antas e acabou empatado a zero. Na segunda-mão a equipa orientada por José Maria Pedroto carimbou o passaporte para a ronda seguinte através de um golo de Duda. Essa foi a primeira vitoria dos portistas fora de casa em jogos a contar para a Taça dos Clubes Campeões Europeus.
Na temporada de 1980/81 conquistou a Taça Associação de Futebol do Porto.
Ao serviço dos Dragões, Duda jogou durante 5 temporadas, conquistou 4 Títulos, disputou 148 partidas oficiais e marcou 53 golos.
Em 1981/82, Duda regressou ao V. Setúbal para aí jogar mais uma temporada para depois, em 1982/83, ingressar no C.F. Oliveira do Douro onde terminou a sua carreira no final dessa temporada.

Palmarés
2 Campeonatos Nacionais da 1ª Divisão (Portugal)
1 Taça de Portugal
1 Taça Associação de Futebol do Porto

10 comentários:

Armando Pinto disse...

Um jogador de uma utilidade impressionante, de quem gostavamos muito. Das memórias relativas à sua passagem pelo F. C. Porto, além das que muito bem estão colocadas no artigo, há algumas outras, uma das quais era o facto de se ter tornado um hábito marcar ao Sporting, recordando-nos de um golo de livre que nos deu a vitória por 3-2 em Alvalade e um golo madrugador, ainda se estava nos primeiros momentos, da eliminatória, num sábado véspera de Páscoa, em que eliminamos o Sporting da Taça de Portugal...

dragao vila pouca disse...

Não há muito a acrescentar ao teu pst, apenas que Duda chegou ao F.C.Porto como ponta-de-lança de créditos firmados, mas acabou a jogar a médio ao lado de Rodolfo e Octávio. Mais À frente Ademir, Gomes e Oliveira, com Séninho a ser o 12 jogador. Época 1977/1978, fim do jejum de 19 anos...

Um abraço

pois disse...

Ainda me recordo de ver Duda jogar no Oliveira do Douro contra o meu Candal

A. Rocha disse...

Os meus parabéns por este excelente blogue!
É um prazer como portista descobrir a história e as figuras lendárias que marcaram o nosso clube!
Nesse sentido, apesar de saber que este não será o local adequado, gostava de pedir ao Paulo Moreira ou aos leitores deste magnífico espaço que dissessem alguma coisa sobre um jogador marcante na história do FCP: José Maria Matos, que marcou o 1º golo europeu do clube, em 20/09/1956 frente ao Athletic Bilbau.
Já pesquisei no ciberespaço e nada, não encontrei a menor referência... nem uma foto, nada... acho que o simples facto de ter sido o 1º justificava que fosse lembrado...
Saudações Portistas!

Mil893 disse...

Costumava vê-lo,já dps de acabar a carreira,a beber umas copadas no
extinto tasco "Canequinhas" na Av.
da Republica em Gaia...
Tb me lembro de o vêr no FCP e no
OL.Douro contra o tb ´meu´ CD Candal ...

Anónimo disse...

Alguém sabe do paradeiro de DUDA?

Anónimo disse...

ja o vi no realense em braga

Jorge Arcanjo disse...

Grande Duda!!! Se encontra em Maceió-AL Brasil, sua terra natal e está muito bem... grande desportista e ótima pessoa!

Nuno Miguel Araújo disse...

Duda, meu vizinho ke morou em Gaia na epoca em ke jogou no F.C.Porto, tinha eu uns 8/9 anitos, tinha um carocha preto, mais tarde divorciou-se e veio morar com ele o tb futebolista Everaldo. Tinha altura 2 filhas, hoje terao 44/5 anos.

Antonio Tavares disse...

Jogava eu nos juniores do Oliveira do Douro,quando o Duda por lá passou (penso que o treinador era o Barrigana) e,cheguei a ouvi-lo cantar no balneário ao ritmo de samba:
"Dá a grana caloteiro,dá a grana...) penso que lhe deviam alguma coisa ;)
Cumprimentos