22 de novembro de 2009

Geraldão


Geraldo Dutra Pereira, Mais conhecido por Geraldão, nasceu no dia 24 de Abril de 1963 em Governador Valadares no Estado de Minas Gerais, Brasil.
Começou a jogar futebol aos 12 anos no Sport Clube Rio Doce, um clube da sua terra natal. Com 16 anos transferiu-se para o Cruzeiro E.C. tendo vencido a Taça Minas Gerais. Em 1982 tentou a sorte no Qatar onde durante duas temporadas defendeu as cores do Al-Arabi S.C. e onde ganhou a Liga do Qatar em 1982/83. Regressou em 1984 ao Cruzeiro E.C. já com 21 anos, mas também com mais experiência. No clube de Belo Horizonte esteve quatro épocas, onde voltou a ganhar a Taça Minas Gerais, por duas vezes e também o Campeonato Mineiro em 1984 e 1987.
No inicio da temporada de 1987/88 Chegou ao Futebol Clube do Porto e depressa se tornou titular. Conquistou o Campeonato Nacional, a Taça de Portugal, a Supertaça Europeia e a Taça Intercontinental logo na primeira temporada.
Em 1989/90 voltou a sagrar-se Campeão Nacional e venceu a Supertaça Cândido de Oliveira.
Na época seguinte conquistou a sua segunda Taça de Portugal.
Em 1991/92 transferiu-se para o Paris S.G. e na temporada seguinte mudou-se para o Clube América do México, para em 1993 regressar ao Brasil. Primeiro representou o Grémio de Porto Alegre, onde conquistou o Campeonato Gaúcho e depois o Associação Portuguesa dos Desportos.
Ainda nesse ano de 1993 terminou a sua carreira, por um lado devido a uma lesão antiga que se vinha a agravar, por outro era já vontade do jogador arrumar as botas por volta dos seus 30 anos.
Foi internacional pela Selecção do Brasil por 9 vezes. Esteve presente nos Jogos Pan-Americanos, competição que a Selecção brasileira venceu e marcou ainda presença na Copa América de 1987 onde realizou duas partidas.
Depois de abandonar a carreira de futebolista Geraldão abraçou a carreira de treinador. Passou pelo Ipatinga F.C. regressou ao F.C. Porto para fazer parte da equipa técnica da equipa b e voltou depois ao Brasil para orientar o Clube de Regatas Brasil de Alagoas.

Palmarés
1 Taça Intercontinental
1 Supertaça Europeia
1 Jogos Pan-Americanos
2 Campeonatos Nacionais da 1ª Divisão (Portugal)
2 Taças de Portugal
1 Supertaça Cândido de Oliveira
2 Campeonatos Mineiros
1 Campeonato Gaúcho
3 Taças Minas Gerais

4 comentários:

dragao vila pouca disse...

Sobre Geraldão que era um bom defesa central e marcava bem os livres - lembram-se da história com o Ivkovic do Sporting? -, lembro-me da volta que o F.C.Porto deu ao texto, quando ele, que já tinha recebido dinheiro para ir para o Benfica, acabou no P.S.Germain e os vermelhos não puderam reclamar porque tinham feito as coisas à revelia da lei...falou-se em 25 mil contos...

Um abraço

Anónimo disse...

Foi para substituir Geraldão que surgiu Fernando Couto.

Anónimo disse...

o "pai" do Roberto Carlos. Pontapé canhão e com técnica de remate.

Anónimo disse...

O Porto tinha olho para a "coisa". Depois de Celso, conseguiu Geraldão... já não se conseguem achados destes? Já nenhum jogador consegue mandar petardos daqueles?