14 de novembro de 2011

Pocas

Manuel dos Anjos (Pocas), nasceu no dia 18 de Março de 1914 em Chaves.
Ingressou no Futebol Clube do Porto no início da temporada de 1935/36 e vestiu a camisola dos Dragões durante mais de dez anos tendo disputado 155 partidas.
A primeira época ao serviço do F.C. Porto ficou desde logo marcada pela vitória sobre o Real Betis de Sevilha, campeão espanhol em título, por 4-2 com os golos portistas a serem apontados por António Santos, Pinga (2) e Carlos Nunes.
Na temporada seguinte, Pocas conquistou o Campeonato de Portugal depois da vitória sobre o Sporting C.P. por 3-2 no Campo do Arnado, em Coimbra.
Em 1938/39 venceu o novo Campeonato da 1ª Divisão, título que voltou a conquistar na temporada seguinte.
Venceu o Campeonato do Porto por nove vezes.
Outras vitórias que ficaram para a história enquanto fazia parte do plantel portista aconteceram em Março de 1936 quando o Sporting C.P. saiu do Campo do Ameal com uma derrota por 10-1. Já em Maio de 1939 os portistas viajaram até a Galiza e venceram o R.C. Celta de Vigo por 5-1.
Outro facto marcante na sua carreira, aconteceu no dia 31 de Janeiro de 1943. Na partida da 4ª jornada do Campeonato Nacional o F.C. Porto recebeu o S.C. Olhanense no Campo da Constituição, Pocas substituiu o seu colega da equipa Valongo na baliza dos Dragões, depois do guarda-redes portista ter perdido os sentidos num choque com o atacante algarvio logo aos dois minutos de jogo. O resultado da partida foi 3-2 favorável ao F.C. Porto, que jogou 88 minutos com 10 elementos e um guarda-redes improvisado.
Pocas representou também a Selecção Nacional, foi suplente utilizado, numa partida contra a Espanha no dia 16 de Março de 1941.

Palmarés
2 Campeonatos Nacionais da 1ª Divisão (Portugal)
1 Campeonato de Portugal
9 Campeonatos do Porto

Sem comentários: