22 de abril de 2013

Joaquim Machado

Joaquim Machado, nasceu no dia 20 de Fevereiro de 1923 em Leça da Palmeira.
Foi no clube da sua terra, Leça F.C., que começou a jogar futebol.
No início da temporada de 1945/46, ingressou no Futebol Clube do Porto.
Com a camisola dos Dragões, jogou durante nove temporadas, de 1945/46 a 1954/55 e tornou-se um dos principais jogadores portistas da época, o que lhe valeu a chamada à Selecção Nacional.
Conquistou por duas vezes o Campeonato do Porto e uma Taça Associação de Futebol do Porto.
Joaquim Machado esteve presente numa partida amigável que ficou para a história do F.C. Porto. Foi no dia 6 de Maio de 1948, no Estádio do Lima, quando os Dragões receberam a visita dos ingleses do Arsenal F.C. Os londrinos tinham passado por Lisboa onde venceram todos os jogos lá disputados, mas na cidade Invicta a história seria muito diferente já que o F.C. Porto derrotou os ingleses por 3-2, com Joaquim Machado a ser um dos melhores em campo e a ter influência em todos os golos dos portistas.
Outro marco importante que ficou na história do clube e também de Joaquim Machado foi a inauguração do Estádio das Antas, a 28 de Maio de 1952.
Já a 1 de Maio de 1954, foi titular na equipa portista que viajou até Lisboa para a inauguração do Estádio da Luz. Na partida amigável para assinalar o evento os Dragões venceram por 3-1.
Outro jogo de relevo e que ficou para a história, aconteceu no dia 17 de Abril de 1955, quando os espanhóis do Real Madrid C.F. visitaram o Estádio das Antas e saíram derrotados por 5-2.

Palmarés
2 Campeonatos do Porto
1 Taça Associação de Futebol do Porto

fonte: A Bola

5 comentários:

Armando Pinto disse...

Jogador que naturalmente não conhecemos... mas que, para quem gosta da história do F. C. Porto e vê (vemos) tudo o que seja Portista, até parece que o bem conhecemos, tal a forma como sua cara se nos tornou familiar de o vermos tanto e bem em fotos de jogos e momentos importantes e históricos da vida do F. C. Porto.

Filipe Machado disse...

Sr Armando boa noite!!nunca o vi jogar mas dizem que foi grande jogador dizem os entendidos da época!!No entanto aprecio-o muito como meu pai!!Felizmente é vivo e tem 90 anos!!!grande abraço!!!o filho Rui Machado

Filipe Machado disse...

Boa noite!!nunca o vi jogar!!mas dizem que era dos melhores médios da época!!era seu suplente Pedroto!!mas posso-vos falar como filho!!bom pai!!é vivo e tem 90 anos!!!abraço!!!Rui Machado

Joaquim Martins disse...

Almeida Martins
Tenho 75 anos e como sócio do F.C,Porto desde 1948, conheci bem o Joaquim Machado por quem tinha muita admiração.Foi um jogador excepcional. Estou contente por saber que está vivo e espero que por muitos anos. Há um episódio curioso passado comigo. Em 28 de Maio de 1952 ia no carro do meu pai a subir a Rua de Santa Catarina,onde morava e íamos almoçar, e próximo do cruzamento com Gonçalo Cristóvão,qual não é o meu espanto ao ver o Joaquim Machado a pedir boleia porque ia jogar na inauguração do Estádio das Antas. Pedi ao meu pai para para parar, ele não o tinha visto, e levámo-lo ao estádio, que naquele tempo quase era considerado fora de portas. Foi para mim um momento inesquecível ( embora também mostre como era a organização do clube naquele tempo e o resultado também o mostra. Perdemos 8-2 com o Benfica.)
Um grande abraço e o meu muito obrigado pelo que fez pelo meu clube do coração.

Joaquim Martins disse...

Almeida Martins
Tenho 75 anos e como sócio do F.C,Porto desde 1948, conheci bem o Joaquim Machado por quem tinha muita admiração.Foi um jogador excepcional. Estou contente por saber que está vivo e espero que por muitos anos. Há um episódio curioso passado comigo. Em 28 de Maio de 1952 ia no carro do meu pai a subir a Rua de Santa Catarina,onde morava e íamos almoçar, e próximo do cruzamento com Gonçalo Cristóvão,qual não é o meu espanto ao ver o Joaquim Machado a pedir boleia porque ia jogar na inauguração do Estádio das Antas. Pedi ao meu pai para para parar, ele não o tinha visto, e levámo-lo ao estádio, que naquele tempo quase era considerado fora de portas. Foi para mim um momento inesquecível ( embora também mostre como era a organização do clube naquele tempo e o resultado também o mostra. Perdemos 8-2 com o Benfica.)
Um grande abraço e o meu muito obrigado pelo que fez pelo meu clube do coração.