27 de março de 2011

Eduardo Luis

Eduardo Luís Marques Kruss Gomes nasceu no dia 6 de Dezembro de 1955 em Loures.
Começou por jogar futebol no C.D. Olivais e Moscavide, mais tarde foi para o S.L. Benfica.
Na temporada de 1974/75 passou a sénior e rumou ao C.S. Marítimo por empréstimo. Na época seguinte voltou à Luz e fez parte do plantel que venceu o Campeonato Nacional. Em 1976/77 voltou ao C.S. Marítimo e por lá se manteve durante seis épocas.
Na temporada de 1982/83 ingressou no Futebol Clube do Porto que era treinado na altura por José Maria Pedroto. Ao serviço dos Dragões, Eduardo Luís venceu três Campeonatos Nacionais, duas Taças de Portugal, três Supertaça Cândido de Oliveira, uma Taça Associação de Futebol do Porto. Esteve ainda presente na primeira final europeia da história do F.C. Porto, no ano de 1984 em Basileia quando os portistas defrontaram os italianos da Juventus F.C.
Mas o momento alto da sua carreira aconteceu no dia 27 de Maio de 1987. Nesse dia o F.C. Porto jogou contra o F.C. Bayern de Munique em Viena, capital da Áustria, um jogo a contar para a final da Taça dos Clubes Campeões Europeus. Os Dragões venceram por 2-1 e assim Eduardo Luís conquistou o troféu mais apetecido da Europa. Depois ainda conquistou a Taça Intercontinental e logo depois a Supertaça Europeia.
No final da temporada de 1988/89, Eduardo Luís deixou o F.C. Porto e transferiu-se para o Rio Ave F.C. e na época seguinte rumou ao A.D. Ovarense onde jogou durante mais duas temporadas, para terminar a carreira em 1991/92 ao serviço do clube de Ovar.
Eduardo Luís passou na temporada que se seguiu a treinador do A.D. Ovarense. Depois orientou vários clubes de escalões secundários.

Palmarés
1 Taça Intercontinental
1 Taça dos Clubes Campeões Europeus
1 Supertaça Europeia
4 Campeonatos Nacionais da 1ª Divisão (Portugal)
2 Taças de Portugal
3 Supertaças Cândido de Oliveira
1 Taça Associação de Futebol do Porto

6 comentários:

Armando Pinto disse...

Este é um antigo jogador que, apesar de sabermos, até nos esquecemos que andou pelo reino da mourama... a tal ponto ficou entranhado nas memórias e no imaginário Portista, como aliás todos aqueles que fizeram parte dessas épocas de sonho, em 1987 e 1988, das conquistas da Taça dos Campeões Europeus, Taça Intercontinental/Mundial de Clubes e Supertaça Europeia, entre outras glórias.
Eduardo Luís, na minha maneira de ver, era um defesa habilidoso, sem as características de meia bola e força de muitos e bons defensores, cuja técnica se sobrepunha e resultava em bons desempenhos, um atleta que "caía" bem no gosto dos adeptos.

Silvestre disse...

Jogava pela certa, era sóbrio e eficaz e fez de facto um grande percurso no futebol Português, destacando-se naturalmente nas grandes equipas do FCP na década de 80.

Anónimo disse...

"até nos esquecemos que andou pelo reino da mourama"

Não sejamos injustos!!!

Tais como o António Teixeira, o Abel, o Alhinho, Eurico, o Fonseca, o Rui Águas (do benfica), etc.?

Não esquecendo uns outros
"mouramas" tais como o Pedroto, o Freitas, o Murça (do belenenses), etc.?

O Manhiça, o Dinis, o Inácio, o Futre (do sporting)?

Ou, ainda mais "abaixo", o Atraca (farense), o Octávio (setúbal), etc.?

Já para não se referir, até, os estrangeiros, casos de um Duda,
de um Ademir, etc., etc.?


Para lá, que nos lembre, de jeito jeito, foram o Francisco Ferreira (anos 40/50), o Serafim (anos 60), o Oliveira e o Gomes (anos 80)
.

dragao vila pouca disse...

O Eduardo tinha uns pezinhos de veludo, jogava bem a central e era polivalente, no ano que fomos à final com a Juventus, 1984, fez uma grande época a lateral esquerdo.
Estive com ele no jantar de Natal de BiBÓ-PoRtO e estivemos a recordar velhos tempos, por exemplo, aquele Porto/Barcelona em que ele deixou fugir o Archibald e fomos eliminados pelo factor do golo fora.

Um abraço

Daniel Gonçalves disse...

O Eduardo Luís também jogava a lateral esquerdo na ausência da Inácio, na final de Basileia, com o Eurico e o Lima Pereira a centrais, foi o Eduardo Luís quem fez o lado esquerdo do Inácio, já não me lembro porque é que este não pôde jogar.

Anónimo disse...

Quando comecei a ver futebol, Eduardo Luís já não jogava tantas vezes como isso, mas sempre tive boa imagem dele. Acho que chegou a jogar a lateral esquerdo e a central, certo?

RS