9 de agosto de 2009

Derlei


Vanderlei Fernandes Silva, mais conhecido como Derlei, nasceu no dia 14 de Julho de 1975 em São Bernardo do Campo no Estado de São Paulo; Brasil.
Começou a sua carreira de futebolista profissional em 1994 no América F.C. de Natal onde permaneceu até 1996, tendo vencido o Campeonato Potiguar nesse ano. De seguida mudou-se para o Guarani F.C. em 1997. Teve ainda nesse ano uma breve passagem pelo Grêmio Esportivo Mauaense, mas voltou em 1998 ao Guarani F.C. A meio do ano seguinte ingressou no Madureira E.C. do Rio de Janeiro.
Em 1999/2000 chegava a Portugal para defender as cores do União de Leiria. No clube da cidade do lis ganhou notoriedade e começou a atrair as atenções dos maiores clubes nacionais.
Foi assim sem surpresa que na temporada de 2002/03 foi contratado pelo Futebol Clube do Porto. Derlei desde logo se impôs e ganhou a titularidade na equipa orientada por José Mourinho, e nessa primeira época ao serviço dos Dragões venceu todo o que tinha para ganhar. Primeiro foi o título de Campeão Nacional. Depois a Taça UEFA e por fim a Taça de Portugal. Nada mau para um jogador estreante numa equipa de primeiro plano.
Na temporada seguinte as conquistas continuaram. Começou logo em Agosto com a vitória na Supertaça Cândido de Oliveira, depois a conquista de mais um Campeonato Nacional, e por fim o triunfo na prova que todos os jogadores sonham. A Liga dos Campeões Europeus. Mas nessa época de 2003/04 nem todo foram rosas para Derlei que sofreu uma grave lesão ainda a meio da temporada e esteve praticamente seis meses afastado da competição, no entanto voltou ainda a tempo de poder disputar a Final em Gelsenkirchen. Pelo meio, Derlei fica para a história como o autor do primeiro golo apontado no Estádio do Dragão na partida realizada contra o F.C. Barcelona na inauguração do novo recinto dos Dragões.
A época de 2004/05 começou com mais um troféu conquistado por Derlei, a Supertaça Cândido de Oliveira e em Dezembro de 2004 voltou a conquistar mais uma prova internacional, a Taça Intercontinental.
Em Janeiro de 2005 deixou o F.C. Porto e ingressou no Dinamo de Moscovo, no entanto a glória tinha ficado na cidade Invicta.
Em 2006/07 regressou a Portugal onde teve uma passagem fracassada pelo S.L. Benfica, onde esteve emprestado pelo clube Russo.
Na temporada seguinte transferiu-se para o Sporting C.P. onde voltou a conquistar uma Taça de Portugal e duas Supertaças e onde voltou a encontrar o seu melhor nível.
No final de 2008/09 deixou o clube de Alvalade e regressou ao Brasil para representar o Esporte Clube Vitória, onde conquistou a Campeonato da Bahia. Mudou-se depois para o Madureira Esporte Clube onde terminou a sua carreira em 2010.
No dia 25 de Julho de 2014 voltou a pisar o relvado do Estádio do Dragão e a vestir a camisola do Futebol Clube do Porto para o jogo de homenagem e despedida de Deco.

Palmarés
1 Liga dos Campeões Europeus
1 Taça Intercontinental
1 Taça UEFA
2 Campeonatos Nacionais da 1ª Divisão (Portugal)
2 Taças de Portugal
3 Supertaças Cândido de Oliveira
1 Campeonato Potiguar
1 Campeotano Bahia

10 comentários:

Armando Pinto disse...

Derlei ficará para sempre como o autor do nosso golo da vitória em Sevilha e do 1º golo (embora de penalty, mas foi o 1º) do Estádio do Dragão, na inauguração. Pena que depois tivesse ido para os mouros e ainda tenha ganho aquelas taças nos lagartos.

dragao vila pouca disse...

Foi uma referência como jogador e profissional, que dá tudo. Pena que depois da saída de Mourinho, algumas confusões tenham impedido o Ninja de continuar, pois podia ter feito uma carreira no F.C.Porto até ao fim.

Sevilha é o marco!

Um abraço

lucho disse...

Grande Ninja. Nunca o esquecerei.
Parabéns pelo post e pela lembrança.

Saulo disse...

E ai Paulo.

Rapaz, não sabia que o seu time era o Porto.

Muito bom também esse blog e vou visitar sempre.

Me diga qual o vídeo que quer passar no meu blog.

Anónimo disse...

Este ninja até era cá da malta, mas agora, que já não joga por nenhum dos clubes de cá, acaba de dizer que gostava de ver os lagartos campeºoes esta época, estragou tudo... e ficou morcão!

Lucho8 disse...

grande PL, sim senhora...
foi pena a sua tal agressividade que fazia no benfica e no Sporting...

bem aqui tá um xelente blog, gostei...
eu q sou jovem ainda adoro ver os jugadores que fizeram história no meu club no passado...
parabens plo bolg..
falta aqui um Post do Lizandro, Bonsingwa, nuno valente ;)

continuação.

Me myself and I disse...

ele não regressou a tempo de gelsenkirchen... ele marcou o penalty na coruña na meia-final... Derlei ninja que pena o teu resto de carreira...

Petição disse...

POR UMA REVOLUÇÃO NO FUTEBOL EM PORTUGAL:

http://www.ipetitions.com/petition/revolucaofutebolportugal/

Anónimo disse...

maldita lesão, que lhe cortou a carreira. Foi jogador do ano, em tempos de DECO, o que diz tudo acerca do seu talento. Em 2003, foi rei e senhor. Tal como Licha Lopez, um jogador explosivo, de raça e entrega, de luta, de ir a todos os lances, de descer à nossa área para defender, se fosse preciso. Mas a lesão em 2004 acabou-lhe com a carreira. teve tempo para nos colocar na final da Champions em 2004, com o penalti marcado na Corunha. Um bisonte de força.

Anónimo disse...

Derlei foi grande jogador por pouco tempo. Teve pressa de sair, não se entende. Ainda me lembro de os super porem uma faixa contra ele e de logo a seguir o porto sofrer golo.

RS