27 de fevereiro de 2012

António Santos


António da Costa Santos nasceu no dia 22 de Fevereiro de 1915.
Depois de ter feito toda a formação no Futebol Clube do Porto, estreou-se na equipa principal na temporada de 1931/32.
Vestiu a Camisola dos Dragões durante onze épocas, com a qual conquistou os campeonatos nacionais de 1934/35, 1938/39 e 1939/40 e também o campeonato de Portugal de 1936/37, conquistado em Coimbra, no Campo do Arnado, com uma vitória por 3-2 defronte do Sporting C.P.
António Santos viveu também momentos altos em jogos particulares ao serviço do F.C. Porto, como no dia 28 de Maio de 1933 em que os portistas venceram o S.L. Benfica no Campo da Constituição por 8-0, uma partida a contar para os quartos-de-final do Campeonato de Portugal de 1932/33. Ainda em 1933, no dia 9 de Julho o R.C. Deportivo de La Coruña foi derrotado por 3-2 no Campo do Ameal. No dia 4 de Janeiro de 1934 foram os austriacos do First Viena que saíram derrotados por 3-0 do Campo do Ameal, isto depois de terem vencidos todos os jogos que tinham disputado em Lisboa contra o C.F. Belenenses, Sporting C.P. e S.L. Benfica. Já em 17 de Janeiro de 1934 foi a vez do Atlético de Madrid sair vergado do Campo do Ameal pelo resultado de 4-1 a favor dos Dragões. Em Dezembro de 1934, no torneio de natal os hungaros do Upjest F.C. perdem por 2-1. No dia 27 de Abril de 1935 foi o Wacker de Viena a sentir o poder da equipa portista que venceu por 5-2. Em Julho de 1935 o campeão espanhol Real Betis de Sevilha sai do Campo do Ameal com uma pessada derrota por 4-2.
Outra vitória que ficou no seu currículo, aconteceu em Março de 1936, numa partida a contar para campeonato nacional, o resultado foi uns expressivos 10-1 e a equipa derrotada foi o Sporting C.P.
A temporada de 1941/42 foi a ultima em que representou o F.C. Porto.

Palmarés
3 Campeonatos Nacionais da 1ª Divisão (Portugal)
1 Campeonato de Portugal

13 de fevereiro de 2012

José Maria


José Maria Luz Matos nasceu no dia 15 de Janeiro de 1930 em Vila Nova de Gaia.
Na temporada de 1949/50 estreou-se com a camisola principal do Futebol Clube do Porto. 
Esteve ao serviço dos Dragões durante oito épocas, onde apontou 78 golos, tendo conquistado um Campeonato Nacional,  uma Taça de Portugal e uma Taça Associação de Futebol do Porto em 1955/56.
Foi um dos titulares da equipa portista que pela primeira vez na história do F.C. Porto participou nas competições europeias. José Maria foi o autor do primeiro golo dos portistas em provas da UEFA, quando o Athletic Club Bilbao visitou o Estádio das Antas no dia 20 de Setembro de 1956.
Na temporada de 1957/58 transferiu-se para o S.L. Benfica. O melhor que conseguiu ao serviço do clube de Lisboa foi a presença em mais uma Final da Taça de Portugal, onde viu o seu anterior clube conquistar mais um troféu.
Na temporada seguinte ingressou no S.C. Braga. Disputou dois campeonatos e provavelmente terminou a carreira no final da época de 1959/60.

Palmarés
1 Campeonato Nacional 1ª Divisão (Portugal)
1 Taça de Portugal
1 Taça Associação de Futebol do Porto